Como surgiu o Selo Postal

selo postal

A comunicação sempre foi primordial para o ser humano. Tempos atrás, com a distância e sem a tecnologia existente nos dias de hoje, toda comunicação tinha que ser feita através das cartas. Com isso foi criado o selo postal, na Inglaterra, no mês de Maio de 1840. Nessa o envio de correspondências além de ser muito demorado, tinha um alto custo.

Funcionava da seguinte forma. O remetente enviava a correspondência, mas para receber a carta o destinatário deveria pagar pelo serviço. Para evitar que o destinatário causasse prejuízos ao correio, Rowland Hill elaborou uma proposta de reforma postal.

Ele propôs a redução das tarifas e pediu que houvesse um preço justo, que não importasse a distância entre quem enviava e quem fosse receber. Propôs também, que só houvesse cobranças no ato da postagem.

Assim, surgiu um papel autoadesivo que deveria ser colado no envelope, esse papel seria correspondente ao pagamento efetuado. Ou seja, foi assim que surgiu o selo postal. De forma bem simples, o selo postal nada mais é, do que um papel adesivo que contém uma estampa e seu objetivo é comprovar o pagamento de um serviço postal.

Mas a criação dos selos foi primordial para a transformação dos correios mundialmente. Os primeiros selos possuíam a figuração efigie, um brasão ou uma cifra.

selo postal
selo postal

O Selo Postal no Brasil

Entretanto, no Brasil os primeiros selos só foram emitidos quando D. Pedro II ainda reinava. O primeiro selo foi o olho-de-boi, no lançamento emitiram 1.500.000 selos. Mas foi no Brasil que surgiu o selo postal em braile, facilitando para os deficientes visuais.

No decorrer do tempo os modelos começaram a ficar mais interessantes e relevantes, pois as pessoas começaram a colecionar, especialmente os raros e os que tinham pouca quantidade.

Qual a utilidade do Selo Postal nos dias atuais?

Como já foi dito, para enviar uma carta pelos correios, é necessário que você aplique um selo, só assim ficará demonstrado que você pagou a taxa de envio da sua correspondência.

Atualmente quando uma entidade quer comemorar algo que foi marcante, é possível encomendar dos correios selos com imagens comemorativas. As pessoas jurídicas, sempre que lançavam uma nota fiscal de forma manual ou eletrônica, costumavam colar um selo comemorativo, era um meio de divulgar alguma data especial.

Hoje em dia com a nota eletrônica já não é possível, porém essas Pessoas jurídicas podem divulgar por meio da página na internet. Existem também, selos que surgem a partir de uma conquista, representando uma vitória ou até uma diferença de concorrentes. Mas, estes selos só são permitidos pelo outorgante e com base em várias condições.

Veja os tipos de Selo Postal existentes

Há muitos anos atrás as pessoas possuíam e é possível que até hoje possuam, uma mania peculiar de colecionar cartas e carimbos. Com os selos não foi diferente.

O inicio do colecionismo de selos se deu logo após o primeiro selo, com o sucesso da reforma dos envios postais e com a internacionalidade, foram surgindo diversos tipos de selos e em seguida seus colecionadores.

  • Selo Postal comemorativos
  1. Esse tipo de selos, geralmente é limitado, o que chama ainda mais atenção dos colecionadores.
  2. Podem ser de datas comemorativas com uma repercussão nacional ou até internacional.
  3. Quando são lançados já possuem um prazo para ficarem em circulação.
  • Selo Postal Especiais
  1. São selos com algum tema, diferente dos selos comemorativos específicos.
  2. Normalmente são determinados aos colecionadores e podem ser nacionais ou internacionais. Igual aos comemorativos no sentido de já entrarem com prazo certo para circulação.
  • Selo Postal Regular
  1. Esses são os mais comuns, pois possuem uma tiragem definitiva e têm um prazo não determinado, além de serem ilimitados.
  • Selo Postal Personalizado
  1. Os selos personalizados têm o objetivo de estimular a criação de ideias ou campanhas promocionais especificas, mas sem ser comemorativo.

Mas existem outros tipos de selo postal, os colecionadores encontram em catálogos específicos e que já são especialistas na criação desses selos, geralmente para o fim de colecionar mesmo.

Ou seja, além do selo postal ser uma necessidade para o envio de correspondências, pode ser divertido colecionar e trocar com outros colecionadores, podendo também ser uma maneira de conhecer datas comemorativas e quando temáticos com nacionalidades, conhecer lugares.

Releated Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *